Índio quer apito


E chega ao fim mais uma fase do… zzz… campeonato mais… zzz… charmoso do Brasil, a Taça Tabajara. O destaque do segundo turno vai para (mais uma) vitória do Vasco sobre o Flamengo, apesar de (mais uma) arbitragem complicada. Luís Antonio Santos, conhecido como “Indio”, estava suspenso há um ano. E apareceu, misteriosamente, querendo apito logo num jogo como esse. O Vasco terminou com o jogo com oito jogadores, teve jogador expulso por não escutar o apito do Índio (num estádio com 80 mil pessoas gritando), teve o goleiro do Flamengo dando voadora na cabeça de um adversário e o mandando para o hospital (e não sendo expulso por isso), teve de tudo. Mas, mesmo assim, a equipe cruzmaltina sobrou em campo, vencendo por 2×0.

Antes do jogo, a torcida rubro-negra levou para o Maracanã umas plaquinhas escrito “2”. Eu não entendi muito bem o que eles queriam dizer com aquilo. Mas, por via das dúvidas, o Vasco fez o que manda a tradicional hospitalidade lusitana e atendeu à vontade dos fregueses. Fez DOIS gols, e depois botou o Léo Lima em campo – ou seja, desistiu de fazer mais qualquer coisa. Espero que a mulambada tenha ficado satisfeita com mais essa prova de fidalguia. O freguês tem sempre razão.

Pra variar, o Eixo do Mal foi levado ao colo até às semifinais do segundo turno. O Fluminense, por exemplo, se gaba das “vitórias de virada”, e finge esquecer que pelo menos três dessas vitórias só vieram depois do adversário ficar com menos um jogador. Já o Flamengo… É o Flamengo, pra que dizer mais? As arbitragens dos jogos contra Resende e Americano, principalmente, entram para aquele almanaque, onde já estavam vários jogos do primeiro turno, como aquele contra o Friburguense. Por esse motivo, ainda não dá pra dizer que o rubro-negro está fora da luta pelo tri. É um adversário muito perigoso, e que não deve ter as suas táticas subestimadas.

Na última rodada da Taça Rio, Flamengo e Fluminense fizeram um amistoso. Assim como Flamengo e Botafogo, no primeiro turno, foi amistoso. Assim como o Fla x Flu do ano passado, jogado pelos reservas dos dois times. A Federação Fluminense de Futebol se esforça muito em matar um torneio que já é chato por natureza. Os jogos conta os pequenos se arrastam por rodadas intermináveis. E os clássicos são marcados para datas em que ficam sem valer nada, ou então, como Vasco x Botafogo, se jogam numa TERÇA (!) às 19:30 (!!!). Complicado.

Em São Januário, o Vasco também aproveitou pra jogar com time misto. E mesmo cheio de reservas, passou como quis pelo Bangu, até então vice líder do grupo B: 4×0. Rodrigo Pimpão, mais uma vez, foi o destaque, marcando dois gols e dando passes para os outros dois. “Ô Leandro, vsf, quem tem Pimpão não precisa de você!”

No próximo fim de semana, teremos as semifinais: Vasco x Botafogo e Fla x Flu. Na bola, o Vasco é o favorito ao título. Vem jogando o melhor futebol dos quatro, está em melhor fase, está muito motivado para começar bem esse ano tão importante. Mas nunca se sabe o que pode acontecer no resto do jogo, naquelas coisas que se jogam fora de campo…

De qualquer foma, eu gostaria que a final fosse Vasco x Flamengo. Assim, poderíamos aumentar um pouco mais a nossa vantagem de títulos em cima do nosso eterno vice, que tem levado a melhor nas últimas vezes e diminuído a diferença.

* * * * *

Contando apenas com o que aconteceu dentro do campo, o Vasco fez 38 pontos, e sagrou-se campeão carioca de 2009. O Flamengo foi o vice (mais uma vez…), com 34. O Botafogo ficou em terceiro, com 32, e o Fluminense em quarto, com 31. Isso, se fosse um torneio decente, jogado em algum lugar civilizado. Como estamos falando de futebol brasileiro, o Vasco, mesmo dominando a competição, e ficando quatro pontos à frente do vice, ainda não pode dizer que é campeão.

Considerando-se apenas o segundo turno, foram oito jogos. O Vasco venceu OITO partidas, também conhecido como TODAS as partidas. Venceu pequenos, venceu grandes, venceu apertado, venceu de goleada, com titulares, com time misto, venceu jogando mal, venceu jogando bem. Mas venceu todas. Marcou 22 gols (melhor ataque da competição), e tomou 5 (melhor defesa da competição).

Mas é bom avisar aqueles que não conhecem os meandros dos regulamentos do futebol brasileiro: por aqui, não basta ser o melhor time, vencer todos os jogos, fazer mais gols e levar menos. Não, isso seria muito simples. É preciso fazer mais. E, mesmo vencendo TODOS os jogos, basta o Vasco empatar semana que vem UM jogo, e bater mal UM penalti no desempate, e pronto, acabou o campeonato.

Só nessa terra. E tem gente que ainda acha isso engraçado. E, entre “índios” e palhaços, a gente vai fingindo que o campeonato é sério.

Como diria o saudoso Marcio Moreira Alves, “se só existe no Brasil, e não é jabuticaba, é besteira”. Mas tem gente que vive chamando esses regulamentos de “minha jabuticaba docinha”.

* * * * *

Já lá pras bandas do Rio Grande, um outro Índio se encarregou de acabar com meu domingo. Pior do que a derrota, pior do que a eliminação, foi saber que esse xiru missioneiro da Beira-Rio me estragou um texto perfeito! Esses vermelhos não têm mesmo a menor consideração por nada. Pra que essa vontade toda de ganhar?

E Fábio Santos não dá. Não dá mesmo. Além de fraco na lateral, ainda me perde um gol mais fácil do que encontrar guria bonita no Olímpico, tchê!

Mas tudo bem. O Internacional pode ficar com o Ruralito. Nós imortais temos coisas mais importantes para nos preocupar…

Anúncios

One Response to Índio quer apito

  1. Samael disse:

    Vocês são os imortais mais mortos da história do futebol! 😀

    Fala sério! Uma vez comemoravam título mundial, agora lançam DVDs épicos, a Batalha dos Aflitos – para voltar a primeira divisão e a Batalha da Polenta – para não ficarem de fora das semifinais do Ruralito.

    Quem te viu e quem te vê! 😀

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: