E tudo acabou em pizza. Pelo menos ontem.


Eu juro que cheguei a acreditar que eles iam cancelar o rodízio de pizzas marcado pra ontem, depois que vazou a notícia da sua realização. Eu juro que fui ingênuo a ponto de pensar que eles teriam esse bom senso.

Mas que nada.

Eles já passaram de qualquer limite de decência há muito tempo. Já não se preocupam mais com coisas pequeno-burguesas como “manter as boas aparências”. São porcos (orwellianamente falando) da pior categoria.

A Folha de São Paulo conta como foi o encontro dos membros do PT ontem, em São Paulo, para comer pizzas e debochar do povo, do tribunal, das leis, da democracia, de tudo isso que eles desprezam.

Cento e cinquenta (cento e cinquenta!!!) petistas se reuniram ontem no bairro paulista da Saúde, para comer pizza e atacar a democracia. O que teve no cardápio, além das pizzas (e, provavelmente, do suquinho de caju pra agradar o chefe)?

1) Discursos contra a imprensa e vaias aos jornalistas. O PT realmente não aceita a existência de nenhuma imprensa que não o apóie a 100%. Mesmo que seja essa que está aí, que só apóia 99.

2) Homenagens à ex-deputada Angela Guadagnin (PT-SP). É, isso mesmo. Trata-se daquela… pessoa que ficou célebre por dançar no Congresso, comemorando a pizza que livrou um colega seu da cassação. Deboche, pizza, ridículo. Realmente, tudo a ver.

3) Críticas ao STF, por ter ousado aceitar denúncia contra os “mensaleiros” do PT, acusados de corrupção ativa, lavagem de dinheiro e formação de quadrilha. “O Supremo ficou menor nesse processo”, diz Jilmar Tatto, pupilo de Marta Suplicy no PT de SP. “Nossos companheiros estão sendo massacrados”, completa o deputado Luiz Sérgio (PT-RJ).

4) “[A pizza] é emblemática para nós.”, diz Sérgio Ribeiro, dirigente do PT paulista. Ô, e como é… Essa ganha o troféu de declaração mais óbvia da noite.

De tudo isso, o melhor comentário, sem dúvida, veio do Dr. José Osmar de Araújo, procurador de Justiça do MP de Rondônia:

“A Polícia Federal deveria ter cercado o local e prendido todos em flagrante por apologia ao crime ou a seu autor. Está no artigo 287 do Código Penal”.

Bingo.

“Porcos, querem que eu mantenha a esperança
Mas como é que eu faço pra encher a minha pança?
Diz como é que eu posso acreditar numa mudança
(…)
Olha, gente fina, eu tô comendo até ração!
Enquanto os porcos tão comendo a nação
Tão comendo com os olhos toda a minha refeição
(…)
Eu não como porco, eu como farelo!
Os porcos me comeram, de verde e amarelo!
Sujaram meu chiqueiro, fizeram porcaria
Limparam meu dinheiro e a barriga tá vazia.”

(Gabriel o Pensador, “Porca miséria”)

Anúncios

One Response to E tudo acabou em pizza. Pelo menos ontem.

  1. L.S.D. disse:

    E o que dizer da declaração de Lula sobre nenhum partido ser mais ético do que o PT?
    Parece um teste: eles querem ver até que ponto podem debochar da sociedade. Até que ponto seus seguidores continuarão aceitando felizes e calados todos esses descalabros. Não tem jeito de uma coisa dessas acabar bem. Essa pizza vai queimar, só espero que não acabe incendiando o país inteiro.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: