Retrato fora de hora


 É impressionante até onde vai a cara-de-pau de algumas pessoas. Essa notícia é daquelas que precisa mesmo de uma imagem, porque se for só contada, ninguém acredita. É difícil engolir que um governante possa descer tão baixo.

O ditador venezuelano Hugo Chávez enviou para o Peru um carregamento de latas de atum, para serem doadas à população carente das áreas atingidas pelo terremoto de semana passada. Até aí, tudo bem. É claro que é uma ação de propaganda, mas não é diferente do que acontece em grande parte dos casos de “ajuda humanitária”. Faz parte. Mas Chávez ultrapassou qualquer limite de decência.

Segundo denúncia de um jornal peruano, as latas trazem A FOTO de Hugo Chávez. Pior, as fotos são de Chávez e de Ollanta Humala, o candidato derrotado nas últimas eleições presidenciais peruanas. Ou seja, Chávez aproveita um momento tão lamentável como esse para não apenas fazer propaganda dele, como também se ligar à imagem de seu pupilo Humala.

peru.gif

As latas trazem, além das fotos de Chávez e Humala, a seguinte inscrição, em espanhol: “Diante dos saques, desespero e caos, solidariedade para com os nossos compatriotas.

Além da evidente falta de humanidade de uma ação como essa, é de se notar também a eterna interferência de Chávez na política dos países vizinhos. Ainda agora, um diplomata venezuelano foi preso na Argentina com 800 mil dólares que seriam levados para ajudar na campanha de Cristina Kirchner. Esse mesmo venezuelano esteve no Brasil ano passado, na época das nossas eleições. Chávez apoiou Humala no Peru, Obrador no México, Correa no Equador, enfim. É a velha rede de amizades do Foro de São Paulo em ação.

Agora, Chávez resolveu brigar com… o relógio. Ele deve ter chegado à conclusão que essa coisa de fusos horários é uma conspiração imperialista para manter os povos do terceiro mundo sob controle cronológico. Vai daí, decidiu que a Venezuela, socialista e revolucionária, não iria mais aceitar essas decisões imperialistas. A partir de agora, a nobre e resistente Venezuela estará… num meio fuso. Os relógios seráo atrasados em meia hora.

Juro. É sério.

Segundo o ministro da tecnologia venezuelano, Hector Navarro, esta é “apenas a primeira de muitas medidas que visam promover um melhor uso do tempo”. Esperamos ansiosamente pelas próximas medidas do ditador. O que virá pel,a frente? Revogar a lei da gravidade? Decretar que o espaço-tempo é relativo? Colocar na Constituição que o socialismo garante a cada venezuelano 20 horas de sol por dia, e isso só não acontece por culpa do Bush?

Enquanto isso não vem, os vendedores de Caracas já estão se preparando para as novas leis que vem por aí:

581773-5922-it2.jpg

011398558-ex001.jpg

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: