Não dá pra ler


Coisas que eu não saberia se não tivesse visto a primeira página do site da Folha de São Paulo:

Mulher-Samambaia vai abrir restaurante vegetariano

Questionada sobre seus dotes culinários, Danielle se explica: “Olha, eu e meu namorado [o ‘Gêmeo’ Gustavo, ex-‘Casa dos Artistas’] não cozinhamos muito. Mas eu sei fazer um ovo que fica uma delícia.” Se quiser aprender a receita, basta clicar no áudio acima e conferir o passo-a-passo na voz da própria.

A quem interessar possa, a Mulher-Samambaia revela sua preferência à mesa: gosta de comer folhas. “Sou mais ou menos vegetariana. Também como frango de vez em quando.”

Piadas envolvendo vegetais de duplo sentido serão censuradas, pois este é um blog de família.

Camelo mata australiana após tentar “acasalar”

Uma australiana de 60 anos foi morta por seu camelo de estimação no fim de semana, após o animal ter aparentemente tentado manter relações sexuais com ela.

O camelo teria jogado a mulher ao chão, pisoteado e depois sentado sobre ela, no que a polícia descreveu como “comportamento de acasalamento animal”.

No primeiro momento, achei que fosse algum roqueiro, depois de uns whiskies, achando que a australiana se chamava Anne Julie….

Mas não. É apenas um bicho de pegada.

Os camelos jovens não são normalmente agressivos, mas podem se tornar ameaçadores se tratados e criados como animais de estimação.

Viram, meninas? A Folha ensina direitinho. Nada de se empolgar com o estilo “me pega de jeito, me joga no chão, e me chama de camela”.

A notar que, mesmo numa nota dessas, a FSP segue o manual: o camelo “teria jogado” a mulher no chão. Não podemos condenar sem provas. Bons meninos.

Califórnia promove competição entre cães surfistas

O campeonato começou com aulas opcionais para os cães menos experientes. Depois, cada totó teve de surfar três ondas. O júri avaliou o nível de segurança de cada bicho em cima da prancha, o tempo da apresentação e a habilidade do concorrente em surfar as ondas.

A disputa teve duas categorias: o surf com o cão sozinho na prancha e acompanhado com seu dono. Foram distribuídos prêmios para os três primeiros colocados em cada categoria.

– Parabéns, o senhor e seu cãozinho ganharam o primeiro prêmio!

– Au! Au!

– Muito espirituoso, imitando um cachorro…

– Au? Au?

– Err… O dono sou eu. Ele é só meu cachorrinho.

– Ops. Desculpe. Aqui está o seu prêmio.

Por um momento, confesso que pensei se seria correto um jornal “formador de opinião” como a Folha gastar tanto da sua primeira página com essas notícias mais leves. Ainda estava pensando nisso quando fui ler as matérias mais “sérias” da edição.

E, depois de ler algumas delas, fiquei com a nítida sensação de que não é tão ruim a Folha ficar falando de samambaias, camelos e cachorros. Pelo menos é melhor do que deixa-los escrever no jornal.

Tags:

Anúncios

2 Responses to Não dá pra ler

  1. Lisa disse:

    Estão superando o UOL Tablóide… 😛

  2. L.S.D. disse:

    Já entendi! Eles estão querendo cometir com aquela famosa comunidade do Orkut: Anão Vestido de Palhaço Mata 8. 😀

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: